Mais uma vitória do Quênia em maratonas. Agora em São Paulo

Os quenianos Paul Kimutai e Alice Kibor venceram hoje (24/4) a 22ª Maratona Internacional de São Paulo e mantiveram a hegemonia estrangeira na competição – os africanos não perdem desde 2013 no masculino e 2011 no feminino. Paul completou os 42km com o tempo de 2h17m14s, nove segundos à frente do brasileiro Giovani dos Santos, com 2h17m23s, enquanto Gilberto Lopes ficou com o terceiro lugar, com 2h19m43s. Entre as mulheres, as três primeiras colocadas foram quenianas. Alice, que fez sua estreia em eventos no país, marcou o tempo 2h35m56s, seguida por Jane Jelagat, 2h38m37s, e Carolyne Komen, vencedora no ano passado, com 2h38m48s. Marizete Moreira da Silva, bicampeã da prova (209 e 2010), terminou na quarta colocação, com 2h51m55s.
2016maratsp1masculino
Paul Kimutai vence a Maratona de São Paulo. Foto de Sérgio Shibuya/MBraga Comunicação/Divulgação

Segundo a Yescom, organizadora da prova, cerca de 17 mil corredores e caminhantes, sob forte calor, participaram da prova, que, além dos 42km, teve as distâncias de 15 milhas, 5 milhas e uma caminhada de 2 milhas.

No masculino, Paul e Giovani duelaram na parte final da prova, mas o queniano acabou escapando nos últimos metros para garantir a vitória, a 13ª de estrangeiros na história da prova.

– Foi uma prova boa, mas muito dura. Além do calor, o Giovani foi um grande adversário, que valorizou muito minha vitória. Estou feliz por vencer de uma forma tão boa – destacou Paul, que foi vice-campeão da Volta Internacional da Pampulha no ano passado. – Pretendo voltar no ano que vem para tentar o bicampeonato.

Giovani dos Santos também estava feliz por ter completado pela primeira vez a Maratona de São Paulo e ainda brigando pelo primeiro lugar.
– Mais do que terminar, o importante foi ter um grande desempenho. Queria ter vencido, mas acabei sentindo um pouco no final. Estou muito feliz com o resultado e o duelo com o Paul foi muito bom, pois mostra que estamos ficando cada vez mais perto dos estrangeiros – declarou o corredor mineiro, que venceu a Pampulha no ano passado com Paul chegando em segundo.
2016maratsp1feminina
Alice Kibor comemora sua vitória na Maratona de São Paulo. Sérgio Shibuya/MBraga Comunicação/Divulgação

Com um currículo vitorioso, que inclui o título da Maratona do Kilimanjaro deste ano e o vice na Maratona de Berlim em 2014, Alice Kibor estreou em provas no Brasil com vitória. Apontada como favorita, ela confirmou o favoritismo com boa vantagem.

– Gostei muito de correr aqui em São Paulo. O percurso é bom e o público incentiva o tempo todo. Quero voltar mais vezes – disse Alice, após a vitória neste domingo.

Bicampeã da prova, 2009 e 2010, a brasileira Marizete Moreira foi a melhor brasileira neste ano.

– Queria vencer, mas ainda estou fora de ritmo. Também teve a morte do meu pai na semana passada, que acabou mexendo comigo. Mas foi um bom resultado diante da força das adversárias e de tudo que passei – afirmou a atleta, que no ano passado terminou em quinto.

Resultados da 22ª Maratona Internacional de São Paulo

Masculino: 1) Paul Kimutai (Quênia), 2h17m14s; 2) Giovani dos Santos (Brasil), 2h17m23s; 3) Gilberto Silvestre Lopes (Brasil), 2h19m43s; 4) Robert Kipchumba (Quênia), em 2h20m09s; e 5) Vagner da Silva Noronha (Brasil), em 2h24m35s.

Feminino: 1) Alice Kibor (Quênia), 2h35m56s; 2) Jane Jelagat Seurey (Quênia),  em 2h38m37s; 3) Carolyne Komen (Quênia), em 2h38m48s; 4) Marizete Moreira dos Santos (Brasil), em 2h51m55s; e 5) Simone Ponte Ferraz (Brasil), em 2h57m54s.

Cadeirantes:

Masculino: 1) Heitor Mariano dos Santos (Brasil), em 1h58m12s; 2) Carlos Pierre de Jesus (Brasil), em 2h24m15s; e 3) Jaciel Paulino (Brasil), em 2h27m91s.

Feminino: 1) Maria de Fátima Chaves (Brasil), em 2h17m57s; e 2) Vanessa Cristina de Souza (Brasil), em 2h29m31s.

Todos os campeões da Maratona de São Paulo (Masculino / Feminino)

2016 – Paul Kimutai (Que), 2h17min14seg/Alice Kibor (QUE), 2h35min56seg
2015 – Asbel Kipsang (QUE), 2h15min15/Carolyne Komen (QUE),2h35min51
2014 – Paul  Kangogo (QUE), 2h14min16/Rumokol Chepkanan (QUE), 2h42min27
2013 – Stanlei Koech (QUE), 2h16min07/Samira Raif (MAR), 2h38min23s
2012 – Solonei da Silva (BRA),2h12min25s/Rumokol Chepkanan (QUE),2h31min31s
2011 – David Kemboi (QUE), 2h11min53s/ Samira Raif (MAR), 2h36min01
2010 – Stanley Biwott (QUE), 2h11min21s/Marizete Moreira (BRA), 2h39min26s
2009 – Elias Chelimo (QUE), 2h13m59s/ Marizete Moreira (BRA), 2h42m24s
2008 – Claudir Rodrigues (BRA), 2h17m07s/Mª Zeferina Baldaia (BRA), 2h42m20s
2007 – Reuben Chepkwek (QUE), 2h16m05s/ Jacqueline Chebor (QUE), 2h40m12s
2006 – Rotich Solomon (QUE), 2h15m15s/ Margaret Karie (QUE), 2h39m24s
2005 – José Teles (BRA), 2h19m47s/ Márcia Narloch (BRA), 2h40m39s
2004 – Frank Caldeira (BRA), 2h17m30s/ Margareth Karie (QUE), 2h40m10s
2003 – Genilson da Silva (BRA), 2h16m26s/Mª do Carmo Arruda (BRA), 2h39m12s
2002 – Vanderlei de Lima (BRA), 2h11m19s/ Mª Zeferina Baldaia (BRA), 2h36m07s
2001 – Stephen Rugut (QUE),2h14m30s/ Marizete Rezende (BRA), 2h38m57s
2000 – David Ngetich (QUE), 2h15m21s/ Márcia Narloch (BRA), 2h40m15s
1999 – Paul Yego (QUE), 2h15m29s/Márcia Narloch (BRA), 2h37m20s
1998 – Diamantino dos Santos(BRA), 2h16m55s/ Viviany Oliveira (BRA), 2h39m58s
1997 – Kipkemboi Cheruiyot (QUE), 2h17m07s/ Viviany Oliveira (BRA), 2h42m13s
1996 – Chalam El Maali (MAR), 2h15m21s/ Janete Mayal (BRA), 2h41m40s
1995 – Luiz A. dos Santos (BRA), 2h17m11s/Ilyna Nadezhda (RUS), 2h49m33s.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s