Weliton Carius busca o tetracampeonato no Revezamento das Trilhas e Praias no Rio

Por Ricardo Elrich, do Esportes de AaZ.

Depois de vencer os 100km da Ultra Fiord na Patagônia chilena há duas semanas, o atual tricampeão do Revezamento das Trilhas e Praias, entre Grumari e Barra da Tijuca, Weliton Carius, tenta o tetracampeonato neste sábado (30/4) para manter sua hegemonia, pois é o único vencedor na categoria individual da corrida.

– Mentalmente já corri o revezamento das praias algumas vezes esta semana, e é sempre bom visualizar qualquer tipo de situação que posso me deparar durante o percurso, e com certeza me enchendo de pensamentos positivos. Espero fazer uma boa prova de todas as formas e me superar mais uma vez – conta Weliton.

 

wellis_2
Weliton Carius busca o tetra no Revezamento das Praias e Trilhas. Foto de Thiago Diz/Divulgação

 

Esta é uma das corridas que mais podem “pregar uma surpresa” nos corredores. As três anos anteriores foram diferentes uma da outra.

Uma característica importante é a condição do mar que deve ser bem observada e acompanhada em sites sobre as marés. Com a mudança do tempo e a frente fria que passa sobre a cidade, as ondas podem estar mais altas, podendo não fazer muita diferença em correr próximo ao mar ou mais próximo ao calçadãao. A areia será bem fofa de qualquer forma.

Para quem for correr solo ou fazer a primeira parte do revezamento, deve-se largar de tênis e seguir assim até a entrada da Praia da Macumba. Ao chegar nessa praia, a dica é correr próximo ao calçadão onde há uma vegetação e fugir da areia mais fofa da prova. Somente após a pedra que separa a Macumba do Recreio é que se deve correr descalço e ir até o final.

Outro ponto importante é relaxar durante o percurso, principalmente após a entrada na praia da Reserva (na segunda metade da prova) onde são 6km em que o visual não muda e você deve se concentrar em sua corrida. Ao chegar na Barra e avistar o Posto 8, é o momento de tentar puxar suas últimas energias e buscar a linha de chegada.

A organização oferece água somente nos pontos de troca. A recomendação é utilizar uma mochila ou cinto de hidratação e garantir sua água ao longo do percurso. Também é importante ter sua alimentação e utilizar o que usa normalmente em seus treinos.

Deixe uma resposta