Espaço do atleta: relato de Ricardo Dungó no Revezamento das Trilhas e Praias

“Fechando o mês de abril, o Revezamento das Trilhas e Praias levou cerca de mil corajosos corredores que toparam o desafio de correr entre a praia de Grumari até a Barra da Tijuca,  na Zona Oeste do Rio, que se dividiram entre aqueles que correram sozinhos, duplas ou quartetos em um dia nublado, frio e, de brinde, com o mar em ressaca e o lixo que ele trouxe para a areia, o que dificultou a vida de todos.

Na disputa pela prova deu ele de novo: Weliton Carius. Agora tetracampeão,, ele liderou desde o início e, por muito pouco, quase não alcançou a dupla Manoel e Auderi, que triunfaram nesta categoria por menos de dois minutos de diferença.

– A temperatura ajudou muito. O mar estava batendo um pouco em alguns trechos, mas a temperatura estava boa. No ano passado, o tempo estava quente – conta Welinton.

Assim como o campeão, encarei mais uma vez esta corrida e, pela primeira vez, assumo que não vim tão bem preparado como em outros anos. Com o aperto do calendário em função das Olimpíadas, meu foco tinha sido a Volta à Ilha, em Florianópolis, que completei há duas semanas, e agora passou a ser a Meia Maratona do Rio, que virá daqui há um mês. Foi a oportunidade de trocar a chave para resistência.

E para completar, das quatro edições, essa foi a mais difícil de todas. Nos outros anos, foi possível encarar a prova mais perto da beira do mar e agora, com a ressaca, a inclinação da areia era tamanha que ficava impossível correr por ali, com o mar batendo direto. E na parte de cima, muito lixo trazido pela ressaca, o que obrigava a redobrar a atenção e evitar corte no pé, sem contar que estava molhada a areia e fria.

 

dungo_2

Até o 14km consegui manter um trote naquela areia fofa, mas depois foi preciso revezar com caminhada. Nisso encontro meu amigo Paulinho e juntos fizemos um 800x200m (sendo 800 metros correndo e 200m caminhando) e conversando até perto da linha chegada já na Barra, onde a areia estava menos inclinada e desci para correr para linha de chegada.

Assista ao vídeo com um resumo do que passei para completar mais este desafio.”

Ricardo Dungó

Deixe uma resposta