Dia das Mães: a rotina corrida de Vera Saporito

Do site da New Balance Brasil.

Ela é mãezona – #mãedetrês, como sempre coloca em seu perfil no Instagram – e uma megainspiração para qualquer corredor. É difícil ser apaixonado por corrida e não conhecer o nome da Vera Saporitopor isso,  para inspirar toda #NBMom, batemos um papo com a atleta que compartilhou com a gente um pouquinho da sua rotina.

Como a maternidade mudou sua rotina de treinos?

O primeiro impacto pós-maternidade foi ao me fazer a pergunta “E agora? Quem vai ficar com a criança para eu poder treinar?”. A minha sorte é que eu tenho o apoio dos meus outros filhos e do meu marido, que me ajudam com tudo e, assim, posso cumprir minhas planilhas de treinamento.

Qual foi a principal mudança na sua vida, depois da chegada dos seus filhos?

Quando resolvemos ter filhos, temos que fazer tudo pensando neles, então eu tive que incluí-los em toda a minha rotina: trabalho, esporte e lazer. Depois da maternidade eu senti que fiquei mais receosa em relações a algumas decisões, por exemplo, minha última prova no Chile foi muito dura e passei momentos difíceis durante o percurso. Consegui finalizá-la a duras penas, a mas cada km concluído, eu só pensava que deveria chegar inteira para meus filhos. Ser mãe é ter um ser que depende de você.

vera_2
Vera e as filhas Giu e Malu

Como é, basicamente, o seu dia a dia?

Eu preciso de muita energia! Tenho três filhos de idades diferentes: o Giovanni, de 23, a Giuliana, de 17, e a Malu, de 6 anos. Apesar dos dois mais velhos se virarem muito bem sozinhos, ainda precisam de mim, de alguma maneira. Diariamente eu acordo às 4h30 da manhã, vou para o trabalho na academia, faço faculdade a tarde e reservo a noite para treinar. A Malu estuda em período integral, a Giu a busca na escola e eu as encontro em casa, à noite. É uma rotina cansativa, mas é gratificante.

Qual é seu segredo para ter tanta disposição?

O segredo é ter metas na vida, com determinação e organização para fazer tudo. É lógico que acabamos sendo um espelho para os filhos e me sinto muito feliz em ver que eles participam de tudo e torcem por mim. Tenho certeza que quando passamos valores como esses, estamos preparando-os para a vida.

1 comentário Adicione o seu

  1. Vera disse:

    Obrigatório Iuri!!!

Deixe uma resposta