Dicas do treinador Antônio Caputo para vencer a barreira dos 30km em uma maratona

Sem dúvida, uma maratona apresenta vários momentos mágicos a seus participantes. Podemos eleger alguns. A ansiedade e a tensão da largada, a euforia ao encontrar a torcida pelo caminho, as belas paisagens ao longo do percurso e, claro, a chegada. Porém, esse é o lado mágico, mas para alguns existem os momentos de desespero, de desgaste. Geralmente acontece entre os quilômetros 25km e 42km. Isso mesmo, na fase final. Daí surge a dúvida: existe a tal barreira dos 30km? Pela minha experiência como treinador posso dizer que sim.

Mas que barreira é essa afinal? De onde ela vem? E o principal, como vencê-la? São perguntas que os corredores menos experientes e até os mais experientes que já passaram por situações de desconforto se fazem. Vamos para algumas soluções e razões.

Muitas vezes é uma barreira fisiológica, ou seja, a pessoa efetivamente não estava preparada fisicamente para o volume daquela prova e, quando chega nesta fase, o ritmo cai em função da não adequação das funções fisiológicas e aumenta o risco de terminar a prova antes de completar os 42km.

Associado a isso existe a parte psicológica, que, ao meu ver, responde por boa parte desta barreira também aparecer. Muitos corredores estão preparados fisicamente, mas não tem a preparação mental necessária e nem a estratégia para a prova. Como o físico não está adequado e a mente também não orientada, a combinação desses dois fatores, sem dúvida, vai gerar a barreira.

maratona_do_rio_4
Corredores da Maratona do Rio no Aterro do Flamengo. Foto de Thiago Diz/Divulgação

Então a chance dela surgir é grande? Diria que sim, mas a maioria esmagadora das pessoas que começa uma prova vai terminá-la. Isso é bem mais simples do que as pessoas imaginam. Vamos as dicas para que a tal barreira dos 30km não apareça:

– esteja com os quilômetros das planilhas em dia;
– consulte um profissional da área de nutrição para que a parte nutricional não comprometa negativamente sua prova;
– defina muito bem a estratégia da prova e as possíveis variações para as possíveis situações que possam surgir na prova;
– antes e durante a prova tenha em mente tudo que fez e que antes dos 30km ou dos 42km, que é seu objetivo final, muitos quilômetros já foram rodados e que tudo aquilo que você treinou já faz de você um vencedor. Não importa o tempo, mas a chegada. Some a isso a comemoração com seus amigos, familiares e equipe. Essa parte mental, somada aos cuidados acima, vão lhe permitir vencer não só a barreira dos 30km, mas a meta dos 42 km.

Antônio Caputo, coordenador técnico da Speed Assessoria Esportiva

 

1 comentário Adicione o seu

  1. pinhel1959 disse:

    ok tenho parar ler e ler. obrigado

Deixe uma resposta