Campeões do Projeto de Braços Abertos no Vidigal querem se destacar na etapa do Caju amanhã

Ela foi a campeã da primeira etapa do Projeto de Braços Abertos de 2016, no Vidigal, em 22 de maio. Ele foi o segundo colocado pelas ladeiras da comunidade da Zona Sul do Rio de Janeiro. Como se destacaram na prova, Beatriz Fernandes e Misael Santos, pois foram os primeiros moradores de suas categorias a cruzar a linha de chegada, acabaram premiados pela campanha “Adote um atleta”, da Mizuno, e, neste domingo (3/7), os dois se reencontraram na prova do Caju, de 6km, com largada às 8h, na Rua Carlos Seidl s/n (Praça da Ladeira), atrás do cemitério do Caju. Às 9h45m, ocorrerá a Corrida Kids, para crianças entre 1 e 13 anos.

rocinha_1
Beatriz Fernandes comemora o primeiro lugar entre as mulheres na etapa do Vidigal do Projetos de Braços Abertos. Foto de Guilherme Taboada/Agênia Sport Session/Divulgação

Apesar de treinarem no Vidigal, Beatriz e Misael só se conheciam de vista. Mas em uma oportunidade, o autônomo de 27 anos a convidou para participar da Etapa do Vidigal. “Foi muito legal. A princípio, eu não iria correr. Tem muitas subidas, escadaria… mas o Misael me incentivou a participar. Quando eu cruzei a linha de chegada e anunciaram meu nome como vencedora, demorei horas para acreditar”, relembra Bia.

“Ela corria há sete anos e eu a incentivei a participar. Eu a aguardei no final e, desde a prova, ficamos mais próximos para os treinos. Agora, vamos disputar a prova no Caju”, comenta Misael.

Pela campanha ‘Adote um Atleta’, a Mizuno oferece aos ganhadores da categoria Comunidade (feminino e masculino) um contrato de patrocínio esportivo e auxílio técnico com treinadores e equipe especializada. Com isso, a marca promove a transformação das pessoas por meio do esporte.

Após a vitória, Beatriz, que sempre viveu no Vidigal, ressalta o carinho dos moradores da região e o fato de poder servir de exemplo para outras pessoas: “a repercussão é muito grande. O pessoal me apoia bastante. Até há pessoas que começaram a correr por minha causa”.

Persistente, Misael destaca seu sonho em criar uma equipe no Vidigal e influenciar ainda mais apaixonados por corrida. “Quero me formar em educação física e montar uma equipe na região. Eu tenho lugares para treinar e muitos amigos. Para vencer, a pessoa tem de estar preparada para tudo.

A temporada 2016 do Projeto de Braços Abertos ainda conta com etapas no Borel (24 de julho), Rocinha (sem data definida) e Santa Marta (sem data definida).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s