Wilson Kipsang quer recuperar o recorde mundial dos 42km na Maratona de Berlim, neste domingo

Ex-recordista mundial da maratona, com 2h03m23s, o queniano Wilson Kipsang chega à Berlim determinado a recuperar o posto de maratonista mais rápido da história neste domingo (25/9), título que pertence atualmente ao compatriota Dennis Kimetto, com 2h02m57s.

Medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos Londres 2012, Kipsang pediu dispensa dos  Jogos Olímpicos Rio 2016 para se dedicar exclusivamente ao objetivo de baixar o tempo de Kimetto, que também não esteve no Rio por estar fora de sua melhor forma.

Em 2013, Kipsang ganhou a Maratona de Berlim em 2h0323s, superando o recorde mundial que pertencia ao queniano Patrick Macau, com 2h03m38s, obtido em 2011, também na capital alemã. Mas no ano seguinte, seu companheiro na equipe Volare Sports Management Group, conseguiu ser o primeiro corredor a completar os 42km abaixo das 2h03m.

“Meu treinamento foi duro e muito bom. Estou pronto para enfrentar meus concorrentes e meu foco será fazer o meu melhor e até mesmo quebrar o recorde mundial”, disse Kipsang ao Daily Nation Sport antes de embarcar para Berlim. “Acho que estou melhor que em 2013, quando conquistei o recorde mundial”.

2bb2d6b9-06ae-4ced-81b5-686486fd374e

Kipsang, que além de vencer a Maratona de Berlim, foi campeão em Frankfurt (2010 e 2011),  Japão (2011),  Londres (2012 e 2014) e Nova Iorque (2014), está ansioso com condições climáticas favoráveis para ajudá-lo a corre abaixo das2h03m. A previsão para domingo, segundo o Weather Channel, será parcialmente nublado, com a mínima em 10º e a máxima em 23º.

O ex-recordista mundial terá um adversário forte pelas ruas alemãs. O também queniano Emmanuel Mutai também quer a vitória e a melhor marca da história. Em 2014, ele ficou 16 segundos atrás de Kimetto, terminando a Maratona de Berlim em segundo lugar, com 2h03m13s.

A equipe queniana terá outros fortes maratonistas, como Vincent Kipruto,  vencedor da Maratona de Frankfurt e com o tempo de 2h05m13s como melhor marca, Evans Chebet (2h05m33s) e Eliud Kiptanui, campeão da Maratona de Praga em 2010 e com 2h05m21s como melhor tempo, Mark Kiptoo (2h06m00s), Alfers Lagat (2h06m58s) e Sisay Lema (2h05m16s).

Etíopes Kenenisa Bekele e Tsegaye Mekonnen também estará de olho em glória com Janet Rono, que tem um PB de 02:26:03, a atração principal entradas das mulheres do Quênia.

Ela será contra etíopes Aberu Kebede, o vencedor de 2010 Quem é o mais rápido no campo com 2:20:30, Amane Beriso (2:20:48) e Birhane Dibaba (02:22:30).

Deixe uma resposta