“Corrida é coisa muito séria”. Seja responsável com sua saúde

Com a palavra, Flávio Loureiro, bombeiro militar e responsável pelo comunidade “Viciados em Corridas de Rua“. Ele fala sobre a Meia Maratona Internacional do Rio, que aconteceu ontem, entre São Conrado e Aterro do Flamengo, reunindo mais de 24 mil corredores, segundo a organização.

Ontem (16/10), fiquei assistindo os corredores passando pelo Aterro do Flamengo, na Meia Internacional do Rio de Janeiro, na altura do 16 km da prova. Fiquei em frente à tenda do Viciados em Corridas de Rua, dando força a todos que passavam, com aplausos e palavras de incentivo. Mas o que vi depois de um determinado tempo, me deixou muito preocupado

Vi uma movimentação intensa de ambulâncias, indo e vindo, prestando socorro à MUITOS corredores, devido ao forte calor muitos sucumbiram e o que realmente me deixou preocupado.’

Vi MUITOS corredores sem preparo, se arriscando em completarem seus primeiros 21 km. Daí vem o título CORRIDA É COISA MUITO SÉRIA. A corrida se tornou uma MODA muito boa para saúde de todos, porém, para que seja boa para nossa saúde,  devemos tomar muito cuidado para a CORRIDA não se tornar uma ameaça à nossa vida.

Hoje existe um número gigante de grupos de corrida em todo Brasil, que servem de incentivo e isso ajuda muito, porém, quando decidimos ter um objetivo maior, devemos ter o acompanhamento de um profissional para fazermos nossa preparação para tal objetivo.

2016meiariolargada1
Corredores da 20ª Meia Maratona Internacional do Rio na subida da Avenida Niemeyer. Foto de Sérgio Shibuya/MBraga Comunicação/Divulgação
O que vi ontem foram muitos querendo participar da meia maratona da Globo e, como tem muitos amigos que irão  correr a citada corrida, decidiram fazer os seus primeiros 21k e sofreram demasiadamente com.a distância e o calor.

Eu sou e sempre serei a favor do acompanhamento de um profissional de Educação Física, pois dessa forma teremos uma preparação adequada. Quando treinamos de forma correta, temos que preparar a cabeça para ouvirmos o que tem que ser feito e não  o que queremos fazer.

Um exemplo é  eu querer fazer uma prova mais longa e meu treinador dizer que não  é para ser feita agora. Ele conhece o aluno e vai se preocupar com a sua saúde. Antes de procurar um profissional  de educação física, é  de grande importância realizar uma consulta com um médico e fazer uma bateria de exames para saber como está sua saúde.

Quer transformar a corrida em rotina e em algo sério? Então  esta é  a sequência mais segura para se praticar a corrida de forma saudável: médico e depois um profissional de educação física.

Levem a sério a CORRIDA. Ela é  saudável, porém pode ser o fim de uma vida se não for feita de maneira segura. Grupos como o Viciados em Corridas de Rua são fundamentais para incentivar e fazer mais amizades, porém, como administrador de um grupo com quase 80 mil membros, tenho a preocupação  com a saúde  de cada um participantes! Ontem, me preocupei como nunca havia me preocupado durante uma corrida!! E por isso digo: PREPARAÇÃO RESPONSÁVEL É  SAÚDE! Vamos correr com SEGURANÇA! VQV VICIADOS!.

Deixe uma resposta