No retorno de Márcio Villar, lágrimas ao fim de 100km na areia durante o Rei e Rainha do Mar no último fim de semana no Rio

Foram dez meses de angústias, incertezas e medo. Diagnosticado com arterite temporal juvenil em maio do ano passado e, por causa dos efeitos colaterais do remédio para a doença autoimune,  ter passado por uma cirurgia na cabeça do fêmur direito, em dezembro, Márcio Villar retornou às provas no último domingo (12/3) para correr 100km na primeira etapa do Rei e Rainha…