Por André Tarchiani Savazoni, do blog Na Corrida, da Revista Contra-Relógio.

Los Angeles é conhecida pelo sol, calor e praias da Califórnia. Tanto que esse é o slogan da candidatura da cidade, a segunda maior dos Estados Unidos, para a Olimpíada e Paralimpíada de 2024. “Siga o sol” é o slogan da campanha na briga, principalmente, com Paris e Roma (não sei vocês, mas desde já, comecei a planejar estar nesses Jogos, pois são três lugares incríveis).

Mas, voltando ao tema, o chefe da candidatura olímpica, Casey Wasserman, afirmou na apresentação oficial, no final do ano passado: “Estamos convidando o mundo a seguir o sol para a Califórnia em 2024, juntar-se a nós em Los Angeles pelas Olimpíadas e Paralimpíadas.”

Los Angeles é também a cidade do carro, com longas distâncias e avenidas intermináveis. Ficar duas horas para lá e para cá, de manhã e de tarde, ou seja, para ir e voltar do trabalho, não é figura de linguagem. Se lembrou de São Paulo? Agora, o diferencial? Está havendo um enorme investimento em transporte público (principalmente no metrô/trem).

Agora, mundialmente, ao citarmos Los Angeles, o que vem à cabeça? Cinema, claro, com os estúdios e produções de Hollywood, a festa do Oscar, as grandes estrelas… Por sinal, nessa área, para quem tem mais de 40 como eu, vai se lembrar bem: “Chips” está prestes a estrear nas telonas, com cartazes espalhados pela cidade.

No campo esportivo, tem para todos os gostos, destacando o basquete por ser a casa dos Lakers (bem em baixa nesta temporada) e dos Clippers, além de futebol, hóquei, beisebol… skate, surfe, patins….

Durante um dia por ano, tradicionalmente no mês de março, Los Angeles deixa todas essas características de lado para ser também a casa dos 42 km, com a Skechers Performance Los Angeles Marathon que tem o slogan do estádio ao mar, pois larga na casa dos Dodgers, o time de beisebol, e termina bem próximo do pier de Santa Mônica, na beira do Oceano Pacífico.

Corredores passam pelo Hollywood Boulevard durante a Maratona de Los Angeles
Corredores passam pelo Hollywood Boulevard durante a Maratona de Los Angeles

É um exemplo de como tudo pode funcionar. Aqui, é uma luta para fechar uma pequena parte das cidades para provas de 10 km, 21 km e 42 km. Daqui a dez dias, em 9 de abril, garanto que terá muita gente reclamando, buzinando, xingando por causa da Maratona de São Paulo. O mesmo ocorre no Rio e em outros locais. Em Los Angels, muito pelo contrário, a comunidade veste a camisa do evento (são 6 mil voluntários, para citar apenas um número) e fazem uma grande festa (ainda tímida se compararmos com outras provas norte-americanas, mas imensamente superior em relação ao que vemos no Brasil).

Falando em termos de organização, a prova é 100%. Desde facilidade na inscrição e informações completas pelo site oficial (com inúmeras opções de hoteis oficiais disponibilizadas, com transporte incluso para a largada e da chegada de volta ao local de hospedagem) até o dia do evento (cronometragem, hidratação, placas informativas, animação…) passando pela entrega do kit – também “pequena” com outras provas do mesmo nível (mais de 19 mil concluintes somente nos 42 km), mas em evolução.

O trajeto, em termos de altimetria é bem duro (pior ou no mesmo nível de Nova York e Boston), com bastante sobe e desce, ao mesmo tempo, de extrema beleza, passando por locais tradicionais de Los Angeles e inúmeros pontos turísticos, como Chinatown, City Hall, Hollywood Boulevard, Sunset Boulevard, Beverly Hills, Rodeo Drive e, claro, Santa Mônica, apenas para citar alguns.

Medalha da edição de 2017 da Maratona de Los Angeles
Medalha da edição de 2017 da Maratona de Los Angeles

Uma prova redonda e que merece um olhar mais atento para quem viaja para correr maratonas no exterior pois, como já citei várias vezes, apesar de ter o mesmo nível de uma Major, pode se inscrever muito mais perto (sem a necessidade de 1 ano de antecedência) e com valores mais baixos. Opções dessa categoria não faltam pelo mundo (como tenho mostrado, desde agosto do ano passado, na série especial na Contra-Relógio sobre provas de 21 km e 42 km). Por sinal, a cobertura completa de Los Angeles estará na edição de abril da revista!

Quem quiser saber mais sobre a Skechers Performance Los Angeles Marathon, o site oficial é o www.lamarathon,com.

Abaixo também tem o vídeo sobre Los Angeles, de Gustavo Maia, do Programa Fôlego, que também correu a prova neste ano: