Espaço do Atleta: O bicampeonato de Camila Feijó nos 50km da Indomit Pedra do Baú Ultra Trail, em São Bento do Sapucaí (SP)

Muito mais que uma vitória, manter o título de campeã teve um gosto especial, principalmente quando tudo que planejei, funcionou. A Indomit Pedra do Baú 50km é uma prova que desafia seus próprios limites, linda, mas muito dura. Esse ano eu tive como principais adversárias, a Cissa Ramos (campeã dos 50km da Indomit Costa Esmeralda), a Rosália Camargo, atleta que admiro desde que comecei a correr, além de sempre aparecer surpresas, como a atleta de Valença, Karina Ribeiro.

A Rosália largou muito forte. Fiz força no início para me manter próxima da líder da prova, mas como conhecia o percurso, achei melhor segurar o ritmo. Muitas montanhas ainda nos aguardavam pela frente, e seguir naquele ritmo era arriscado. Deixei ela seguir na frente, e  mantive minha estratégia. Com um ritmo consistente, percorri uma trilha técnica em mata fechada, que vai do km 13 ao 20. Logo ao sair já estava colada na Rosália novamente. Ficamos juntas um tempo, conversamos, admiramos o visual fantástico, e, como duas competidoras saudáveis, voltamos a disputa pela liderança. Estávamos exatamente na metade da prova, onde iniciava uma subida forte e contínua de 7km sem alívio. Foi ali, então, que tomei a liderança, que mantive até o fim.

Camila Feijó recebe a Medalha Cris Carvalho, após conquistar o bicampeonato da Indomit Pedra do Baú Ultra Trail 50km
Camila Feijó recebe a Medalha Cris Carvalho, após conquistar o bicampeonato da Indomit Pedra do Baú Ultra Trail 50km

A estratégia definida pelo meu coach Manuel Lago junto comigo não era melhorar o tempo, (o recorde da prova, de 6h43m, é meu, conquistado em 2016) e, sim, a vitória. Ainda bem, pois a organização teve que fazer uma pequena alteração no percurso, aumentando em mais ou menos 400m com subida em relação ao ano passado. Mantendo um ritmo constante, segui até completar os 52,4km em 7h09m. Alegria imensa em cruzar a linha de chegada com uma recepção emocionante. Eram 28 atletas e amigos da minha equipe gritando meu nome e vibrando comigo essa super conquista.

Camila Feijó com o troféu de campeã da edição 2017 da Indomit Pedra do Pau Ultra Trail, em São Bento do Sapucaí
Camila Feijó com o troféu de campeã da edição 2017 da Indomit Pedra do Baú Ultra Trail, em São Bento do Sapucaí

Vale lembrar que pelo segundo ano consecutivo foi oferecido um prêmio especial, uma medalha exclusiva em homenagem a triatleta e corredora Cris Carvalho, que faleceu por causa de um câncer. Recebi com muito orgulho mais essa homenagem.

Beijo

Camila Feijó

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s