Geoffrey Kirui e Edna Kiplagat fazem a dobradinha do Quênia na Maratona de Boston

Só deu Quênia na Maratona de Boston. A mais tradicional prova de 42km do mundo, que chegou em sua 121ª edição nesta segunda-feira (17/4), perdendo apenas para a olímpica, criada em 1896, em Atenas, teve como campeões Geoffrey Kirui, com o tempo de 2h09m37s, e Edna Kiplagat, que fazia sua estreia na cidade, com 2h21m52s.

Os campeões da Maratona de Boston em 2017: Edna Kiplagat e EdnaGeoffrey Kirui
Os campeões da Maratona de Boston em 2017: Edna Kiplagat e EdnaGeoffrey Kirui

O segundo lugar na prova masculina foi do americano Galen Rupp, medalha de prata na maratona das Olimpíadas Rio-2016, com o tempo de 2h09m58s, seguido pelo japonês Suguru Osako, com 2h10m28s.  Em quarto ficou o americano Shadrack Biwott, nascido no Quênia, com 2h12m08s, e, em quinto, o queniano Wilson Chebet, com 2h12m35s.

Se no ano passado o domínio do Top 10 da Maratona de Boston foi africano, com oito maratonistas – sendo os três primeiros da Etiópia, incluindo o campeão Lemi Berhanu Hayle, com 2h12m45s, e quatro seguinte do Quênia. O oitavo foi holandês, o nono, um etíope e o décimo, um americano – este ano o domínio foi americano. Além do vice-campeão e o quarto colocado, o time dos EUA teve Abdi Abdirahman, nascido na Somália, com 2h12m45s, na sexta colocação; Augustus Maio, nascido no Quênia, com 2h13m16s, na sétima posição; Luke Puskedra, americano de nascença, quarto colocado na Rio-2016, com 2h14m45s, em nono lugar; e Jared Ward, outro americano, com 2h15m28s. Isso mostra que os Estados Unidos estão naturalizando cada vez mais africanos para importantes provas, principalmente nas disputadas em território americano.

O queniano Geoffrey Kirui cruza a linha de chegada da Maratona de Boston
O queniano Geoffrey Kirui cruza a linha de chegada da Maratona de Boston

Com o tempo de 2h21m52s, a queniana Edna Kiplagat, que debutava na prova de Boston,  ganhou a quarta maratona de sua coleção, que conta com vitórias em Londres, em 2014, Nova York e Los Angeles, ambas em 2010. Além disso, ela é bicampeã dos 42km de no Campeonato Mundial de Atletismo, em Daegu-2011 e Moscou-2013.

A queniana Edna Kiplagat, campeã da Maratona de Boston em 2017
A queniana Edna Kiplagat, campeã da Maratona de Boston em 2017

O segundo lugar foi de Rose Chelimo, do Bahrein, com 2h22m51s, seguida pela americana Jordan Hasay, com 2h23m00s. A também americana Desi Linden ficou em quarto lugar, com o tempo de 2h25m06s. Essa dobradinha dos Estados Unidos encerrou um jejum de 26 anos em que duas corredoras americanas não terminavam a Maratona de Boston nos quatro primeiros lugares.

A temperatura superou os 26ºC durante a prova, bem acima da média para esse período do ano em Boston, o que afetou o desempenho dos corredores. Mas o vento a favor foi um fator a favor.

Corredores na Boyslon Street, nos metros finais da Maratona de Boston
Corredores na Boyslon Street, nos metros finais da Maratona de Boston
Para homenagear as três pessoas mortas e outras 260 feridas no atentado terrorista na linha de chegada da prova de 2013, foi anunciado que serão construídos monumentos na Boyslon Street, local do ataque.

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s