Fiz 22,5Km em 1h54m14s (ritmo de 5m05s/km) na Wings For Life World Run, em Brasília, no último domingo (7/5): minha melhor performance em provas. Não sei o que me deu 😂😂😂 … Sei que encaixei o ritmo logo no início e fui meio no automático – na verdade concentrada nas dicas que amigos tinham me dado e administrando o tempo, o ritmo, as passadas, como um verdadeiro jogo mental.

Larguei pensando fazer uns 20km (a Wings é aquela prova que um carro perseguidor vai atrás dos corredores e quando ele chega em você, acabou a corrida) e fui vendo que daria mais – quanto mais, não sabia. Nem o calor (25 graus sem sombra) nem as subidas do percurso incomodaram.

Yara Achôa na Wings For Life World Run
Yara Achôa na Wings For Life World Run

Minha estratégia foi sair forte, pra testar até quando eu aguentaria um ritmo mais forte. Em vários kms meu pace ficou abaixo de 5m/km… 😱… Colei em alguns corredores pra manter o ritmo e isso ajudou muito, especialmente um pelotãozinho que encontrei lá pelo Km 15. Tava bom correr… Era só deixar fluir.

Os tempos de Yara Achôa na Wings For Life World Run
Os tempos de Yara Achôa na Wings For Life World Run

Mantive firme o ritmo de + ou –  5’/km até o Km 19 – daí dei uma rateada. No 20, já tinha voltado à rota e segui até o carro me alcançar. Se tivesse de continuar, não sei por quanto tempo manteria o ritmo. 22,5Km foi de bom tamanho.

 

Ah! Na meia maratona (21K), o relógio marcava 1h47m..  👉🏻 … 5 minutos a menos que minha melhor marca na distância, em 2010!!!

Corri pensando também no objetivo da prova – arrecadar fundos para as pesquisas da cura da lesão da medula espinhal. Que o esporte possa ajudar essa e outras causas!  🙏🏻

Tô feliz, bem feliz!!!

O longo desse fds era outro. Ficou faltando tempo aí (eram 135min… 😬…) mas a prova serviu pra eu testar um ritmo mais ousado e pra perceber que ainda preciso fazer ajustes de musculação e suplementação até a Maratona de Porto Alegre, no dia 11 de junho.

Desculpa o textão! Me empolguei!

Yara Achôa