Brasileiros garantem a maioria das vagas para o Mundial na África do Sul após o Ironman 70.3 Rio de Janeiro

Títulos na Elite e maioria das vagas para o Mundial da África do Sul na Faixa Etária, em Mandela Bay,  no ano que vem. Assim foi o desempenho do triathlon brasileiro no Ironman 70.3 Rio de Janeiro, realizado no último domingo (1/10), no Recreio dos Bandeirantes. Enquanto Paulo Roberto Maciel e Pamella Oliveira mantiveram o domínio nacional da disputa – foi a terceira dobradinha do país em três anos de competição -, entre ao atletas da Faixa Etária os brasileiros ficaram com nada menos que 28 das 30 vagas da etapa carioca.

A PROVA – No domingo, Luis completou os 1,9km de natação, 90km de ciclismo e 21.1km de corrida, com largada e chegada na Praia da Macumba, no Pontal, com o tempo de 3h54m59s, enquanto Pamella, que fez sua estreia na disputa, fechou em 4h23m49s. Os campeões garantiram pontos no ranking e US$ 5 mil pela vitória.

Os campeões do Ironman 70.3 Rio de Janeiro: Paulo Roberto Maciel da Silva e Pamella Oliveira. Fotos de Fábio Falconi/Unlimited Sports/Divulgação
Os campeões do Ironman 70.3 Rio de Janeiro: Paulo Roberto Maciel da Silva e Pamella Oliveira. Fotos de Fábio Falconi/Unlimited Sports/Divulgação

No masculino, a disputa foi acirrada desde o começo. Luiz Francisco Paiva Pereira, o Chicão, saiu na frente na natação e manteve a ponta até mais da metade da corrida. No Km 17, Paulo Roberto Maciel, vice em 2016, assumiu a liderança e garantiu sua primeira vitória na competição. A segunda colocação ficou com Flávio Queiroga, com 3h56m10s, enquanto Chicão repetiu o terceiro lugar de 2016, com 3h56m48s.

“Foi uma prova muito dura, pois na bike teve muito vento e acabou afetando na corrida, por conta do calor. Acabei sentindo um pouco na última volta, mas fui atrás do Chicão. Consegui ultrapassá-lo e garantir o primeiro lugar depois de bater na trave no ano passado. A organização está de parabéns, pois proporcionou um evento perfeito”, destacou o campeão, que esteve em todas a edições da prova no Rio de Janeiro.

No feminino, a atleta olímpica Pamella Oliveira, que representou o Brasil nas Olimpíadas do Rio, fez uma estreia perfeita na competição. Com um ritmo forte, ela manteve a ponta em todas a modalidades e comemorou sua primeira vitória em um Ironman 70.3 com larga vantagem para as demais concorrentes, fechando em 4h23m49s. A argentina Romina Palácio ficou com o segundo lugar, com 4h31m10s, mesmo resultado no ano passado, com Mariana Borges, campeã de 2015, ficando com a terceira posição, com 4h32m46s.

“Estou muito contente com esta primeira participação no Ironman 70.3. Fiz uma estratégia que deu certo, apesar do esforço na corrida sob um calor muito forte.  Tive de diminuir o ritmo  e manter a calma no final para poder chegar. Foquei um pouco para esta prova e estou feliz por ter conquistado esse resultado”, disse a vencedora.

Largada do Ironman 70.3 Rio de Janeiro. Foto de Fábio Falconi/Unlimited Sports/Divulgação
Largada do Ironman 70.3 Rio de Janeiro. Foto de Fábio Falconi/Unlimited Sports/Divulgação

Os classificados no Ironman Rio de Janeiro para o Mundial da África do Sul na Faixa Etária:

F18/24: Mariana Rabischoffsky (BRA) e William Graça (BRA);

F25/29: Camila Vasone (BRA) e Felipe Bergamini (BRA);

F30/34: Mireia Masip (ESP), Marcel Morosini (BRA), Guilherme Guido Valente Palma (BRA) e Marcos Calcic (BRA);

F35/39: Maria Eduarda Falcao Vasconcellos (BRA), Livia Bustamante (BRA), Frederico Carvalho Zacharias (BRA), Felipe Silva Alvarez (BRA) e Raphael Falcão (BRA);

F40/44: Thelma da Melio (BRA), Henrique Praxedes Pineda (BRA), Adriano Godói (BRA) e Marcelo Abdo (BRA);

F45/49: Patricia Scolari (BRA), Nilton Cabral (PRT) e Renato Carvalho (BRA);

F50/54: Ana Silvia Davini Paller (BRA), Marcio Ferreira (BRA) e Amilcar Ferraz Altemani (BRA);

F55/59: Rosangela Santos (BRA) e Luiz Augusto da Cunha Andrade (BRA); e

F60/64: Nídia Siqueira (BRA) e Antonio Mellero Barros Filho (BRA).

Campeões do Ironman 70.3 Rio de Janeiro

2017 – Paulo Roberto Maciel (BRA)/Pamella Oliveira (BRA)

2016 – Reinaldo Colucci (BRA)/Luisa Baptista (BRA)

2015 – Santiago Ascenço (BRA)/Mariana Borges (BRA)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s