Sete curiosidades sobre a 40ª Maratona de Chicago, neste domingo

 

  1. O recordista mundial, o queniano Dennis Kimmeto, com 2h02m57s, está entre os atletas de elite da prova. Ele quer repetir o feito de 2013, quando venceu com 2h03s45m, recorde do percurso, então a melhor marca oficial da maratona nos Estados Unidos e quarto melhor tempo do mundo.
  2. Outra atração é o queniano Stanley Biwott, campeão da Corrida Internacional de São Silvestre e Maratona de Nova York, em 2015 e Maratona de Paris em 2012.
  3. Dois americanos podem estar no pódio no domingo: Galen Rupp, medalha de bronze nas Olimpíadas do Rio-2016 e terceiro colocado na Maratona de Boston 2017, e Jordan Hasay, terceira colocada na Maratona de Boston 2017.
  4. Campeões de Chicago: Deena Kastor (alto à esquerda), Khalid Khannouchi, Paula Radcliffe, Steve Jones e Catherine Ndereba (centro)
    Campeões de Chicago: Deena Kastor (alto à esquerda), Khalid Khannouchi, Paula Radcliffe, Steve Jones e Catherine Ndereba (centro)

    Cinco campeões nos 40 anos da Maratona de Chicago serão homenageados, participando da Expo e da corrida de 5km, no sábado. São o britânico Steve Jones (bicampeão, em 1984, quando bateu o recorde mundial em Chicago, com 2h0805s, e 1985); o marroquino naturalizado americano Khalid Khannouchi (que com 2h05m42s superou, em Chicago, o recorde do brasileiro Ronaldo da Costa em 23s);  a queniana Catherine Ndereba (bicampeã em 2000 e 2001, com recorde mundial, com 2h18m47s), a britânica Paula Radcliffe (que, em 2002, foi recordista mundial, em Chicago, em 2h17m18s) e Deena Kastor (último americana campeã em Chicago, em 2005).

  5. Não é porque o percurso é plano, a Maratona de Chicago é uma prova fácil. O trajeto atravessa 29 bairros, sendo que a primeira metade da corrida está cheia de espectadores, as multidões ficam afastadas após o Km 21. O clima em Chicago é imprevisível em outubro. A previsão deste ano é sol, com 22 graus, 10% de chances de chuva, ventos de 16km e 60% de umidade relativa do ar (o mínimo recomendável). Nos últimos 21km há pouca sombra. A colina, apelidada de Monte Roosevelt, é pequena, mas é no final da corrida.
  6. No aniversário de 40 anos, a organização da Maratona de Chicago enviou cartões de felicitações e um patch comemorativo para 2 mil maratonistas que também  completam 4 décadas em 2017. Deste total, 15 corredores nasceram em 8 de outubro de 1977.
  7. A Maratona de Chicago dá um enorme impulso na economia da cidade. Um estudo econômico da Universidade de Illinois  mostra que a prova do ano passado gerou US$ 282 milhões  para a cidade. Dos mais de 41 mil corredores, 28% visitaram a cidade pela primeira vez.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s