Wings For Life World Run no Rio chega à reta final para inscrições

Famosa por não ter uma linha de chegada fixa, a Wings For Life World Run está em contagem regressiva para sua estreia no Rio de Janeiro, no dia 6 de maio. Com a participação da ex-ginasta Lais Souza e do paracanoísta Fernando Fernandes a corrida acontecerá simultaneamente, em diversas cidades do mundo, com uma causa nobre: arrecadar fundos para pesquisas que buscam a cura da lesão medular. Para quem ainda não se inscreveu, mas quer contribuir com o evento e encarar esse desafio global, ainda dá tempo. As inscrições podem ser feitas pelo site da Wings For Life World Run até o dia 2 de maio. A retirada dos kits acontecerão no Shopping Vogue Square, na Barra da Tijuca.

Inscrições na Wings for Life são completamente revertidas para pesquisas pela cura da lesão medular. Foto de divulgação
Inscrições na Wings for Life são completamente revertidas para pesquisas pela cura da lesão medular. Foto de divulgação

A prova terá largada na Praça do Pontal, no Recreio, e seguirá pela orla da Barra a caminho da Zona Sul. Por lá, os corredores passarão por cartões-postais como Leblon, Ipanema e Copacabana e seguirão em direção ao centro da cidade, via Botafogo e Aterro do Flamengo. Por não ter uma linha de chegada fixa, os atletas terão que enfrentar durante a prova o “carro-perseguidor”, que largará meia hora depois do início da corrida e eliminará os participantes ao alcançá-los. Todos os corredores serão resgatados por ônibus oficiais do evento e retornarão ao ponto inicial, no Recreio.

 

Para aqueles que não estarão no Rio de Janeiro, mas querem participar e acompanhar a prova à distância, há duas possibilidades: por meio do aplicativo da corrida, disponível na App Store e no Google Play, em que corredores de todo o mundo largam junto com os participantes inscritos e, inclusive, são perseguidos virtualmente; e também por meio do site da corrida, assistindo a prova ao vivo e contribuindo por meio de doações.

wings_01

Criada em 2014, a Wings for Life World Run já reuniu mais de 435 mil corredores de 193 nacionalidades, que juntos percorreram 4,2 milhões de quilômetros. Já foram arrecadados € 20,6 milhões, totalmente destinados às pesquisas. No Brasil, Florianópolis, em 2014, foi a primeira cidade a receber a prova, e Brasília a recebeu em 2015, 2016 e 2017. No ano passado, mais de 150 mil pessoas ao redor do mundo se inscreveram para a prova. Todo valor arrecadado nas inscrições é revertido para pesquisas em prol da cura de lesão na medula espinhal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s