Últimos dias de inscrição para a Corrida Insana no Rio de Janeiro, no dia 25 de novembro

A etapa carioca da Corrida Insana 2018,  montada em um circuito com 11 obstáculos infláveis, que totalizam de 5km, no dia 25 de novembro, a partir das 7h30m, na Marina da Glória, está com suas inscrições chegando ao fim. São duas opções de kit: o Plus (composto com camiseta, sacochila, número de peito e medalha) a partir de R$ 99 (mais taxas); e o Econômico (com medalha e número de peito), a partir de R$ 89 (mais taxas).

Para aumentar ainda mais a insanidade, os obstáculos agora contam com muita água e espuma. É garantia de mais adrenalina nos escorregadores e pula-pula gigantes, além de um refresco para os dias quentes no Rio de Janeiro.

“Vamos oferecer uma nova experiência aos participantes da etapa do Rio da Corrida Insana em 2018, utilizando água e jatos de espuma. Tenho certeza de que esses incrementos ampliarão a diversão esportiva para todas as idades. Trabalhamos para que a festa seja ainda maior entre as turmas de amigos e familiares, com inscrições promocionais”, avalia Fábio Avelar, diretor técnico do evento, que chegou ao Brasil em 2017 com uma proposta inovadora para atividade esportiva outdoor.

Corredor se diverte ao terminar a Corrida Insana. Foto de divulgação
Corredor se diverte ao terminar a Corrida Insana. Foto de divulgação

A Corrida Insana não tem restrições quanto à participação, nem limite de idade. A única exigência é que a pessoa tenha altura mínima de 1,05m. As largadas são em ondas com cerca de 170 pessoas por vez, o que garante segurança e permite que grupos pratiquem a atividade juntos e sem atropelos. Não há cronometragem, nem obrigatoriedade de ultrapassar todos os obstáculos do percurso.

Conheça os obstáculos infláveis:
1 – LARGADA INSANA:
 a prova começa com o desafio de uma subida, seguida por um escorregador gigante.
2 – WAVERUNNER: é plano, mas cheio de lombadas e ondulações.
3 – MATTRESS RUN (Campo Minado): um teste para o equilíbrio e agilidade em um caminho cheio de buracos.
4 – BALL MAZE (novo) – estrutura inflável que obriga os corredores e se ‘espremer’ entre bolas gigantes enquanto atravessam um piso cheio de ondulações.
5 – BIG BALLS: Bolas gigantes surgirão à frente dos corredores e será preciso desviar.
6 – CRASH COURSE (Montanha): uma verdadeira montanha russa cheia de altos e baixos.
7 – PURE MISERY (no Sufoco): baseado nos manuais de treinamento militar, é um monstro de 30 metros de comprimento que testará força, agilidade, flexibilidade e resistência.
8 -WRECKING BALLS (Demolição): imagine bolas de demolição de prédios vindo na direção dos corredores. Ainda bem que são infláveis.
9 – SLINGSHOT (Estilingue): o desafio é subir até o topo com a ajuda de uma corda e escorregar.
10 – TANGLED UP (novo) – prepare-se para encarar um labirinto muito louco, repleto de obstáculos enormes. Todo mundo vai ficar, literalmente, enrolado.
11 – FINISH LINE: o ‘gran finale’ reúne um pouco de cada um dos obstáculos anteriores. É subir, pular e escorregar até a vitória.

A etapa carioca é a penúltima prova da Corrida Insana no Brasil. Após a última, em São Paulo, no dia 16 de dezembro, toda a estrutura retorna para os Estados Unidos, como consta no contrato de parceria com a Insane Inflatable 5k. Mas novas provas e em formatos diferentes estão sendo organizadas, como a Night Nation Run, que une corrida e música eletrônica em eventos noturnos, que terá etapa em São Paulo no dia 1 de dezembro.

A meta dos organizadores é atingir a marca de 50 mil participantes nos eventos finais da turnê 2018. Como forma de retribuir todo o sucesso e adesão do público em duas temporadas – que reuniu um número superior a 100 mil participantes em mais de 30 etapas ao redor do país -, parte da verba arrecadada com as inscrições será revertida a Make-A-Wish Brasil, que completa 10 anos no país e tem como missão a “realização de sonhos de crianças com doenças que colocam em risco as suas vidas, enriquecendo a experiência humana com esperança, força e alegria”, conforme explica o site da entidade.

Deixe uma resposta