Corredores da Wings For Life world Run no Recreio dos Bandeirantes/Foto de divulgação

Wings For Life World Run, a corrida por uma causa

Se correr é ótimo, correr por uma causa social é melhor ainda. Com o objetivo de apoiar pesquisas para a cura da lesão na medula espinhal, a Wings For Life World Run, que acontece simultaneamente em diferentes países, terá sua sexta edição no dia 5 de maio. No Brasil será novamente no Rio de Janeiro, com largada às 8h, em local que ainda vai ser definido. As inscrições estão abertas e 100% do é destinado à Fundação Wings.

Criada em 2014, a Wings for Life World Run já reuniu mais de meio milhão de atletas de 193 nacionalidades ao redor do mundo. Em 2018, mais de 100 mil pessoas se inscreveram para a prova em uma das cidades de 66 países, que, juntas, somaram 934.484 km percorridos, arrecadando € 3 milhões, cerca de R$ 15 milhões.

Paranaense vence na estreia da Wings For Life no Rio

No Brasil, a prova já passou por Florianópolis, em sua primeira edição, por Brasília, em 2015, 2017 e 2017, e pelo Rio, em 2018. No ano passado, quatro mil pessoas correram pelas ruas cariocas, largando no Recreio dos Bandeirantes, passando pela orla da Barra da Tijuca, São Conrado, Leblon, Ipanema, Copacabana, Botafogo, Flamengo, Glória e pelo Centro.  

Corredores na Wings For Life no Rio de Janeiro/Foto de divulgação
Corredores na Wings For Life no Rio de Janeiro/Foto de divulgação

Ao contrário dos eventos tradicionais, na Wings For Life World Run é a linha de chegada que persegue os atletas. O chamado “Catcher Car” larga 30 minutos depois dos competidores e vai aumentando sua velocidade gradativamente, eliminando os corredores que forem ultrapassados. O último a ser alcançado pelo veículo é o campeão do evento. 

Aqueles que não puderem correr em um dos locais oficiais do evento, também poderão participar por meio do aplicativo da Wings For Life World Run, disponível para Android e iOS. 

Sessenta e sete pesquisas financiadas

No mundo todo, milhões de pessoas dependem de cadeira de roda depois de sofrerem algum tipo de lesão medular, geralmente relacionada à acidente de carro ou a quedas. A Wings for Life é uma Fundação sem fins lucrativos voltada para pesquisas da medula espinhal, com o objetivo de encontrar uma cura. Desde 2004, a Wings for Life financia pesquisas, projetos e testes clínicos ao redor do mundo. Enquanto a cura ainda não foi encontrada, 100% do valor arrecadado com as inscrições da Wings for Life World Run ajudarão essas pesquisas. Já são 67 pesquisas sendo financiadas em 15 países.

Deixe uma resposta