Novo Nike Zoom Vaporfly 4% chega ao mercado

O Nike Zoom Vaporfly 4% está de volta ao mercado brasileiro. Criado pela Nike para ser o tênis mais adequado para baixar o tempo de 2 horas da maratona durante o projeto Breaking2, que, entre a ideia a concretização, demorou três anos. Em maio de 2017, no autódromo de Monza, na Itália, Eliud Kipchoge, campeão olímpico da Rio-2016, marcou 2h00m25s. No ano passado, o queniano bateu, na Maratona de Berlim, o recorde mundial da distância, com 2h01m39s. A marca anterior era do compatriota Dennis Kimetto, obtida também na capita alemã, em 2014, com 2h02m57s.

Nike Zoom Vaporfly 4% à venda a partir do dia 21 só na internet

Atualizado no fim de 2018 com a parte superior desenvolvida em Flyknit, o Nike Zoom Vaporfly 4% estará disponível a partir do dia 21 de fevereiro, às 10h, em tom de azul mais escuro com detalhes em vermelho na entressola. As vendas serão exclusivamente feitas no site da marca, com preço sugerido de R$ 1.399,99.

Saiba como foi o desafio Breaking2

Eliud Kipchoge faz história em Berlim

Nike Zoom Vaporfly 4% em tom de azul mais escuro com detalhes em vermelho na entressola
Nike Zoom Vaporfly em tom de azul mais escuro e detalhes em vermelho na entressola

O modelo, segundo a Nike, mantém todas as características inovadoras do seu antecessor, que dominou os pódios das principais maratonas ao redor do mundo, como a espuma Nike ZoomX ultraleve, macia e capaz de oferecer até 85% de retorno de energia a cada passada.

Além disso, o tênis segue com a placa de fibra de carbono curva inserida em toda a sua extensão, aumentando a firmeza e propulsão. Juntos, todos esses elementos garantem uma melhoria média de 4% na economia da corrida quando comparado ao Nike Zoom Streak 6, por exemplo.

Será possível baixar a maratona em duas horas? Doutor Corrida explica

Maratona em menos de 2 horas: agora sabemos que é possível, por Thiago Arantes

Deixe uma resposta